terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Deixar de fumar...

Ainda não tive tempo de escrever a carta da praxe ao Pai Natal e tenho tanta coisinha para pedir! Ele que não espere que eu seja meiga a pedir! Depois de todos os traumas que este velhaco me causou, não vou ter pena dele!! Nunca mais lhe desculpo... aquele estupor trazia-me todos os anos livros das aventuras, dos cincos e dos sete e dos mais não sei quantos... quando eu me cansei de dizer que não curtia aquela merda!! Até podia ser as aventuras dos duzentos, o que eu queria era livros sobre animais e o estúpido trocava-se todo!!! Ai seu velho macaco quando eu te apanhar!!



Vou escrever a carta mais tarde porque ainda estou a limar umas arestas sobre o que quero, por agora vou só pedir uma coisa que trocava por todas as outras... DEIXAR DE FUMAR outra vez!!



Consegui deixar de fumar uma vez, durante dois anos, através de um método criado para mim própria que funcionou. As regras eram:



1-Muita força de vontade;



2-Uma semana no hospital a ver vítimas do fumo (amputações, cancros e etc...);



3-Duas horas de ginásio por dia;



4-Três pacotes de Trident de frutos silvestres por dia (já nem sentia os maxilares);



5-Não deixar de fazer as minhas coisas com medo de voltar a fumar. Nunca deixei de tomar café, beber, sair à noite e estar com amigos fumadores;



6-Sentir que era mais forte que o vício;



7-Fazer uma alimentação saudável;



8-Lutar contra o vício todos os minutos, hora a hora, dia a dia;



9-Estar sempre ocupada;



10-Pensar todo o tempo que era a melhor coisa que estava a fazer na minha vida e que se conseguisse era a maior vitória pessoal sobre mim própria que iria alcançar;



11- Pensar na minha saúde e na minha carteira;



12- Pensar que se não conseguisse, não tinha personalidade... "sou uma mulher ou um rato?";



13-Deixei de pensar que fumar pertencia à minha personalidade e fazia parte de mim;



14-Tornei-me uma fundamentalista anti-tabaco;



E consegui... durante dois anos, sem pensos, nem pastilhas de nicotina...



Infelizmente, nas férias facilitei e voltei...



Sei que vou ter de começar tudo de novo e a sensação que tenho é que estas regras já foram ultrapassadas, preciso de umas novas. Talvez mais uma semana no hospital me ajude a clarificar as ideias...



Tudo isto para dizer, que trocava tudo este ano por deixar de fumar outra vez... :-(



21 comentários:

tavguinu disse...

vou tentar espetando umas agulhas pelo corpinho todo aka acumpuntura, prendinha da mamã pelo Natal !

tavguinu disse...

atão mas estamos outra vez com a história das aprovações...

já não se pode dizer asneiras ?

ai fuoooooooooodassssssssse

bejufa

Mila disse...

Força!! Estou contigo!!

iFrancisca disse...

Mila:

Bem preciso de força... não é fácil, mas vou conseguir...
beijos

iFrancisca disse...

Tav:

Ainda não tinha desactivado a moderação mas agora que falas... vou desacticar...

As mães sabem sempre o que é melhor para nós! Nunca tentei a acunpuntura mas deves precisar de uma boa dose de força de vontade na mesma... se resultar diz...
beijocas

Margarida Nobre disse...

Francisca

Posso enviar-lhe uma lista gigantesca de doenças provocadas directa ou indirectamente pelo tabaco...além daquelas que se vêm no hospital...
Também podemos falar sobre o mal que os fumadores provocam nos que não fumam!!Quando comecei a trabalhar a minha chefe fumava como uma chaminé...para cima de mim ainda por cima...acho que ainda hoje tenho os plumões pretos!!!
Aqui em casa somos completamente green...hehehe...por isso vamos torcer muito para que consiga essa prenda de Natal...

Feliz Natal

Bjs

Hydrargirum disse...

O começo do post, mais uma vez foi engraçadissimo!!!!

Qt ao resto...espero vivamente que consigas deixar de fumar...pensa no dinheiro todo que poupas...e nos anos de vida que ganhas...
E o tabaco vai aumentar outra vez:/

Essa tua lista parece-me mto eficaz....

Jinhos:)

Ana disse...

Faz-me confusão pensar em deixar de fumar, mas sabes... faz-me mais confusão ainda a ideia de deixar de fumar durante 2 anos e depois voltar.

Confesso que nunca tentei. Sou uma fumadora nata, daquelas exageradas mesmo, que se tiver de ficar meia hora sem um cigarro começa logo a ficar irritada e nervosa.

Ainda me estou a mentalizar que vou ter de passar 1 hora de almoço num restaurante (já p'ra não falar em jantaradas e tal) sem poder fumar lá dentro.
Enfim...espero que tu consigas! Eu nem me atrevo.

Bjocas

Crestfallen disse...

Eu páro volto, páro volto. Depende dos apetites.

Quando acho que vou deixar de fumar, pergunto-me, "Porquê?"

É tão justificável perguntar o porquê de deixar de fumar, como o porquê de fumar.

Tudo o que faz mal à saúde, é tudo aquilo que é exagerado. Se não é exagerado é um prazer. A vida é curta demais para nos negarmos aos pequenos prazeres.

Fumar mata? Conheci um amigo da minha avó, que nunca o vi sem um cigarro na boca nem o vi sóbrio. Morreu aos 94 anos, quando caiu da sua carroça! Foi do tabaco? Foi da bebedeira? Não! Foi da queda!

Francis disse...

é bem visto, depois de ver como te safas, talvez eu tambem tente.

Quomodum disse...

um singelo comentário de alguem que muito gosta de ti: deixa de fumar.

iFrancisca disse...

Hydrargirum:

Esta lista foi mesmo muito eficaz, consegui convencer-me inteiramente, achei que tinha descoberto a polvora, no entanto... cai em tentação!
Mas vou mentalizar-me novamente ou eu ão me chame Francisca!
beijocas

iFrancisca disse...

Ana:

é tudo uma questão de mentalizares-te e pensares que estares a fazer um mal terrivel a ti própria! eu aqui a falar... loool
Em relação a ter deixado dois anos vou te explicar como tu aconteceu:

Estive livre do vicio completamente durante um ano, ou seja não peguei num unico cigarro durante um ano. Depois, começei a fumar em jantaradas e saidas à noite... chegava a casa e nao fumava, acabava por só fumar uns cigarritos muito de vez em quando...
Este ano em Agosto, fui de férias com os amigos quinze dias, tudo a fumar e eu tb queria, achei que ia ser como nos jantares que depois chegava a casa e não se passava nada. Quando cheguei ao Porto, comprei o primeiro maço porque estava deprimida pelo fim das férias e a partir daí, tu sabes como é...
foi um erro que me vai custar caro quando deixar novamente.
beijocas

iFrancisca disse...

Crest:

Infelizmente vivo de perto situações provocadas pelo tabaco, desde amputações dos membros inferiores aos 30 anos a outras coisas... tenho todas as motivações para deixar de fumar.
Mas compreendo a tua posiçao, tb pensava assim. Queria lá saber se morria nova, aliás quero morrer nova! O que eu não quero é ficar sem pernas ou com a boca ao lado aos trintas.
Acho que me entendes...
Beijinhos

iFrancisca disse...

Francis:

Quando deixar aviso aqui no blog!
beijinhos e começa a mentalizar-te se queres deixar...

iFrancisca disse...

Quomodum:

Ai primo tens de ser sempre tão paternal!?
Acredita que tb vais fazer as tuas asneirinhas na vida e aí, e vou estar aqui para te dar nas orelhas!
Seu ratinho de biblioteca! :-P
beijinhos

iFrancisca disse...

Margarida Nobre:

E é tão bom ter uma casa green! Que saudades! Até tinha conseguido convencer o meu namorado a deixar de fumar! Era uma casa sem cheiros!
Quanto às doenças, infelizmente vivo perto de uma e só não deixo de fumar porque ainda me consigo enganar e pensar que não me vai acontecer a mim...
obrigada pelo apoio e Feliz Natal para si e para o resto da familia
beijinhos grandes

Mulheka disse...

Espero mesmo que o Pai Natal te dê essa prenda. Espero mesmo que sim. Só te vai fazer bem a ti e aos que te rodeiam. Eu estou farta de ser obrigada a fumar pelos fumadores!!! Farta mesmo! Se algum dia tiver algum problema, gostava de saber quem me vai pagar a conta do hospital...

Beijo

iFrancisca disse...

Mulheka:

Pela minha parte tento não incomodar os outros com o meu fumo mas, sei que isso nem sempre é eficaz... por isso, desculpa...
beijocas

Crestfallen disse...

Então é como digo, fumar com moderação!

iFrancisca disse...

Crest:

No meio é que está virtude!loool
beijos