sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Proclamação da "democracia"

Até às 17:00 mais de 4.500 pessoas já tinham visitado hoje os jardins do Palácio de Belém, numa iniciativa que o Presidente da República considerou ser uma oportunidade de "aproximar os cidadãos às instituições da democracia".






Agência Lusa






"Aproximar os cidadãos às instituições da democracia."?


Já agora! Que democracia? Aquela em que uns ficam na fila do centro de saúde, se ele ainda existir, e outros se acomodam confortavelmente numa cama do Hospital da Luz?






Já há muito tempo que desisti de ser democrata num país de selvagens e ignorantes e não culpo nenhum Governo menos competente por isso... um passeio ao Domingo em qualquer marginal deste país à beira mar plantado encarrega-se disso.






De qualquer da maneiras não me venham com tretas de que por quase 5000 deslumbrados visitarem os jardins do Palácio de Belém e a imaginar que, entrar no Palácio só mesmo pela porta do cavalo, aproxima os cidadãos às instituições democráticas!!
Nem escrevo mais que não quero perder tempo com isto!

7 comentários:

Sr. Miguel Peixoto disse...

É assim mesmo!
Democracia acaba infelizmente por ser todos ao molho e fé em Deus. Não dá para todos.
Pelo menos era bom que à patida todos tivessemos as mesmas chances. Depois cada um fará o seu caminho.
Pior na Espanha, com a mesma família de betinhos a reinar para sempre. Democra quê?

Anónimo disse...

bem observado!...
o ideal é bom, a realização deixa muito a desejar...
mas também o que resulta? sou mt ignorante nestes temas, mas já dei por mim a pensar nisto: o que resulta? Disciplina, sem dúvida! Mas como pôr disciplina quando, à miníma "papinha nao feita" há revolução? Democracia? Sei la... Ditadura? Sei la...
Já tivemos de tudo e nada deu frutos... E podiamos divagar horas sobre isto...mas os ideais(sejam eles do que for) estão sempre longe, mt longe do concretizável...

Mabides disse...

A democracia não é um estilo de organização política de um país mas sim um ideal inalcançável! Tudo era perfeito se as pessoas que a defendem, não fossem ao mesmo tempo as pessoas que a "vendem" e quando digo vendem estou-me a referir realmente ao acto de vender!Vamos fazer um jogo ... se os políticos fossem um animal o que seriam?A minha resposta seria algo entre abutres e hienas!
Bjs!Gostei de ver o sentido crítico! ;)

Francisca Correia disse...

Quando escrevi este texto pensei que ia ser fortemente criticada por não ser uma defensora da democracia.. fico contente pelas pessoas entenderem onde queria chegar.. obrigada!

rocha suave disse...

Eu fui uma das pessoas que foram visitar os jardins do palacio de belem...
Digamos que e um local bonito a que não esta acessivel a grande maioria das pessoas durante a mior parte do ano...
MAs não me senti mais proximo das instituiçoes.. nem muito menos mais ou menos democrata...

www.rochasuave.blogs.sapo.pt

GMSMC disse...

Convido-te a leres http://omurodaslamentacoes.blogs.sapo.pt/246323.html; se concordares, assina, por favor.

Anónimo disse...

ola:
nao sei como se comenta o blog por isso mando por mail.
francisca petrov correia, a carry do sec xxi... com menos sexo(ou talvez nao) e mais cidade, mas sp atenta ao que nos rodeia!sempre com uma palavra a dizer. parabens amiga! :)