segunda-feira, 7 de abril de 2008

5 de Abril - Pesadelo em Paredes

Não faço deste blog um diário mas este dia merece ser contado...
00:00 - Jantar em casa do casal Chinchilas chocadas. Tudo fantástico, fomos recebidos como sempre, comidinha boa e bebida com fartura. Desta vez a fartura foi excessiva. A iFrancisca sentadinha a discursar e o membro masculino do casal sempre a encher-lhe o copo. A sede era tanta que nem notei que já tinha ultrapassado aquela ligeira vertigem provocado pelo álcool.
01:30 - Tenho de ir à casa de banho. Já vou a voar, sem perceber muito bem onde ponho os pés mas consigo manter-me uma senhora. Mesmo assim sou avisada de que o melhor era ir para casa porque me tenho de levantar às 7:30 do mesmo dia. Para casa? Não!! Ir para casa é para meninos pequeninos! Incrivelmente, aquela sede não passa...
02:30 - A conversa continua... e o tema era demasiado importante para ir para casa: Será o sexo o mais importante?
04:00 - Aos meus olhos já não estávamos ali 4 mas sim...eu, mais dois de cada deles, esforçava-me para focá-los mas era extraordinariamente difícil, no entanto, continuava o meu discurso e esforçava-me por disfarçar o estado alucinado em que estava...
05:00 - O Mabides dá-me um conselho derradeiro. "Vamos embora, amanhã trabalhas e já não vais dormir!" Que querido que ele é, não podia ter dito isto duma forma convincente mais cedo. Mesmo completamente alcoolizada consegui pensar que estava perdida...
05:30 - Entrei no carro, o Mabides exclama: "Não percebo como nesse estado continuas a ter um discurso coerente!" Cheguei a casa finalmente... Pus três despertadores para as dolorosas 7:30..
07:30 - Acordo ainda bêbada. Levanto-me e sinto as pernas todas a tremer, o sabor da último copo de vinho verde na boca... "Vou vomitar! Vou morrer! Que agonia!! Como é que eu vou para Paredes? Ai mãezinha!!" Mãe? Claro, como não pensei nisso antes, as mães têm sempre solução para tudo! Acordei-a, arrisquei contar-lhe que tinha acordado bêbada e que tinha de ir TRABALHAR! Não ouvi nem verídico nem missa cantada em gregoriano, apenas muita calma e compreensão, pensei que ela também não podia estar bem. Obrigada mãe pelas águas das Pedras e pelo Tagamet.
09:00 - Cheguei muito mal a Paredes... Aliás, nem sei como lá cheguei...
Depois de muito trabalho a tentar mostrar-me na minha plena capacidade, e, dois litros de água...
18:00 - Finalmente vou-me embora!! Acabou este dia de tortura, o que eu tive de fingir! Pela primeira vez no dia sinto-me animada. Corro ligeirinha para o carro... O carro? Onde é que está a merda do carro?
18:30 - Continuo, exausta a deambular por Paredes à procura do carro e nada!
18:45 - Ligo desesperada ao Mabides e partilho o meu desespero: "Perdi o carro!" Ouço o "Têm calma." da praxe que não resolve nada.
19:00 - Vejo uma carrinha... parece ser a minha.... confirmo a matrícula e à primeira vista parece-me familiar, confirmo... e sim! É a minha viatura!!
Volto finalmente para casa, já a pensar que o dia ainda vai no inicio, segue-se mais um jantar...
Chegada ao jantar, recuso e vinho branco e agarro-me a uma garrafa de Coca-Cola, é que no dia seguinte estou em Paredes novamente... e já não tenho idade para isto!

19 comentários:

Eric Blair disse...

Um dia normal na vida de quem tem 24 anos - até em Paredes trabalhei. A única diferença é que eu tinha que esconder de toda a gente - família incluída. Ah! e ia de combóio

Noivo disse...

por vezes é bom ver as coisas noutra perspectiva:)

Francis disse...

ahahahahahahahahahah
já me aconteceu uma vez ou outra...andar à procura do carro.

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Anónimo disse...

Hi francisca!

A conversa foi top, elucidativa, interessante, ousada e engraçada!!!
Gostei muito! E entendi quase tudo... lol mas foi muito bom!
Temos que repetir, principalmente os copos!mas agora acho melhor dar tréguas ao nosso figado!
Bjs
Pedro Chinchila

tavguinu disse...

"é que no dia seguinte estou em Paredes novamente... e já não tenho idade para isto!"

se fosse para andar em viagens e laurear a pevide estavas muito bem :-D

MENINAAAAAAAAAA !!!

iFrancisca disse...

Tav:

Como é possivel já me conheces tão bem!!
Beijoca grande

iFrancisca disse...

Eric Blair:

Eu realmente senti um alivio enorme quando contei à minha mae e pelo menos naquele momento não tive de desfarçar... tb acho que era impossível
Beijocas e obrigada pelo comentário
Volta sempre

iFrancisca disse...

Noivo:

Tento sempre por-me na prespectiva dos outros..
Beijufas

iFrancisca disse...

Francis:

Para mim é o pão nosso de cada dia.. até já tenho lugares certos para deixar o carro, senão é para esquecer!
Ainda bem que alguém me compreende
Beijinhos

iFrancisca disse...

Pedro Chinchila!!!

Tu matas-me homem!!!
Mas obrigada ao casal por matar a sede à minha pessoa!
Beijocas

MajoLuan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MajoLuan disse...

Adorei :d apesar do mau dia ke tives-te o post ta excelente coca-cola a meio da semana é a melhor opção!!!! Deixa o vinho branco para o final de semana :d Jinhos passa no meu blog e ve as fotos das flores se gostas claro.. ****

Francis disse...

o pesadelo não acaba ?

iFrancisca disse...

Francis:

Já terminou e parece que a inspiração tb mas eu vou voltar!!
Beijocas

Francis disse...

então pá ?

Zabal disse...

Pois... acontece...

Da próxima experimenta o Guronsan antes de entrar no carro!
Por alguma razão lhe chamam "o remédio dos bêbados" !!

... e ainda por cima gostas de Fotografia??

Humm...

iFrancisca disse...

Zabal:

O gurosan foi tomado antes de me deitar...

Bjs volta sempre

Anónimo disse...

Ehehehehehehe A Francisca já está na idade adulta. Eheheheheh a idade não perdoa. O mundo do trabalho é outra coisa. Mas tens sempre o fim de semana para as noitadas. E que sejam boas noitadas.
Pedro do Porto