segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Punta del Este

Cotada como Saint Tropez da América Latina, Punta del Este brilha no verão. Sendo um dos lugares mais sofisticados e exclusivos do mundo, este hot spot na República Oriental do Uruguai é frequentado por artistas, milionários e afins.
Os longos dias estivais de Janeiro trazem aos dias a dádiva de 15 horas de luz solar e provocam a multiplicação da população por trinta! Mas quem escolhe este destino não procura apenas praias “capa de revista”, neste local praia e civilização rimam com uma harmonia única. Punta está rodeada por toda uma infra-estrutura completa que permite a aliança estreita entre praia e vida inteligente, colocando à distância os típicos balneários sul-americanos. Aqui tudo é alcançável: livrarias magníficas à saída da praia, festivais de jazz que ritmam as noites de verão, lojas de vinhos preparadas para satisfazer os mais exigentes, cavalgar um puro-sangue nos bosques uruguaios ao fim da tarde, jantar num dos gourmet restaurant da cadeia Relais & Châteaux… ou simplesmente passear na típica avenida Gorlero recheada de casinos, lojas e restaurantes para todos os apetites excepto para os apreciadores de comida brasileira. Transversalmente, a Calle 20 é como a Via Veneto em Roma e a Champs Elysées em Paris, uma vitrina das grandes marcas internacionais.
Este paraíso no Novo Mundo está dividido, pelas praias mansas num extremo e pelas praias bravas do outro, obviamente que me inclinei para estas, o que a longo prazo se revelou um palpite mais do que certeiro. A 15 km do centro da cidade, do lado das praias bravas encontra-se a Playa Barra e a FTV beach onde a vida nocturna se divide entre bares, restaurantes, lojas de decoração, ateliês de arte que conferem um clima hippie-chic a este lugar.
Durante a agitação da noite a segurança dos visitantes é um ponto forte com a polícia a aconselhar comportamentos prudentes e a não deixar esquecer que continuamos na América Latina.
De manhã, Punta del Este esconde-se na sua convalescença, adormecida numa preguiça boémia, ressentida de mais uma noite intensa…. Mas o party people só a despertará do seu desmaio matinal depois do meio-dia.
O ponto alto é o final de tarde, sendo obrigatória a passagem no porto da cidade para saborear um cocktail homenageando um pôr-do-sol que confere sentido a qualquer existência.
Punta del Este depois de um mês no Brasil trouxe à memória o conforto e a elegância das praias do mediterrâneo. A sensação de estar num ambiente familiar fez adiar o regresso por três vezes, mesmo com as mochilas feitas e os bilhetes comprados nada nos fazia partir… só a promessa que um dia voltaríamos…

4 comentários:

Andre disse...

Nunca lá fui...

Mabides disse...

Sim senhora ... mostra-se muito conhecedora de Punta del Leste, mas ainda falta a parte melhor ... ir lá mas para os sítios realmente bons!E quando falo em sítios falo em hotéis claro!!Ainda havemos de lá voltar só para relembrarmos esta viagem inesquecível, que nos fez alterar os planos de regresso!
A quem nunca foi, não posso deixar de aconselhar, as noites não conheci, mas devem ser top!
P.S. - Temos que começar a viajar rapidamente ou então acabam-se os textos sobre os sítios onde fomos! Não te parece?

Francisca Correia disse...

Olha menino Manel! Este era o comentário porque eu muito esperava mas sinceramente preferia a versão original em que o meu blog era enxovalhado em praça pública. Não tens coragem de gozar é? Só me dás tanga em privado?Looool Beijinhos e obrigada

ANÓNIMO disse...

Argentina rulesssss. Buenos Aires é provavelmente a melhor cidade do Mundo. E a província argentina, desigandamente,a mais próxima dos Andes, como San Juan, é de cortar a respiração.